Tênis de Mesa e Pingue-Pongue, qual é o correto? Veja mais sobre este esporte olímpico!

Para quem assiste os dois jogos de longe, não percebe muita diferença entre os dois, mas sim, elas existem e nós vamos te explicar por que o Tênis de Mesa é considerado um esporte, enquanto o Pingue- Pongue é considerado uma atividade recreativa.  

Essa é a principal diferença entre e os dois, o Tênis de Mesa é, inclusive, um esporte olímpico, e foi elevado a esta condição em 1988, porém, já era considerado um esporte com regras desportivas desde 1921, quando os adeptos da modalidade decidiram criar uma associação com regras oficiais do País de Gales, que logo se tornaram oficiais em todos os países.  

A modalidade se originou na metade do século XIX, na Inglaterra. Nessa época, a atividade recebeu diversos apelidos, porém, o mais utilizado até hoje é o Pingue-Pongue, e é chamado dessa forma devido ao som causado pela bolinha quando entra em contato com a mesa e a raquete.  

O intuito do jogo é, basicamente, efetuar saques que dificultem a defesa do adversário, fazendo com que a bola pingue na mesa uma vez e o oponente não consiga se defender, ocasionando assim a pontuação. Por isso, ele é considerado um esporte dinâmico e requer muita atenção, é uma prática muito boa para desenvolver os sentidos, a coordenação motora e reduzir o estresse. 

Tecnicamente, as diferenças entre o Pingue-Pongue e o Tênis de Mesa é a dinâmica do jogo e o fato de ser apenas recreativo, já que o primeiro é uma atividade para descontração, sem a necessidade de usar todas as regras rigorosamente, podendo apenas respeitar o básico, que é levar a bolinha ao lado do adversário sem que ela toque na rede, na linha ou saia direto para fora, e pode ser praticado com a família e amigos para se divertir, competindo sem tanta seriedade. Inclusive, algumas escolas realizam o torneio de Pingue-Pongue, pois não são utilizadas todas as regras, somente o básico para computação de pontos. 

O Brasil conta hoje com 6 jogadores entre os Top 100 do ranking de atletas adultos, sendo eles: Bruna Takahashi, Eric Jouti, Gustavo Tsuboi, Hugo Calderano, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy.  

Já nas Olímpiadas, infelizmente os brasileiros ainda não trouxeram nenhuma medalha para o país, enquanto os chineses são recordistas em medalhas olímpicas, com um total de 53 medalhas, sendo 28 de ouro. Em segundo lugar fica a Coreia do Sul, com três medalhas de ouro e 18 no total. Entretanto, nos jogos Pan-Americanos, o Brasil está em segundo lugar no ranking de medalhistas, com 14 medalhas de ouro, ficando atrás dos EUA, com 22 medalhas.  

As vantagens desse esporte é que ele é prático, dinâmico e competitivo, além de ser acessível a qualquer pessoa.  

E aí se interessou por esta modalidade? Aqui no Clube Mogiano nós temos professores que vão te ensinar a praticar desde o modo iniciante.  

Venha jogar conosco! 

Fechar Menu